Jacarepaguá: Crescimento com sustentabilidade

Padrão

PROJETO  INTERDISCIPLINAR – 2012

 

“O aluno que pesquisa não só aprende melhor a reconstruir conhecimento, como principalmente arquiteta sua autonomia, no sentido da cidadania ativa cientificamente bem fundamentada”. CALAZANS, 1999. Salomon, 2000.

            

TEMA: Jacarepaguá – crescimento com  sustentabilidade

 

JUSTIFICATIVA

 

Acreditamos que, para mudar a panorâmica atual e possibilitar a transformação de uma nova realidade, é necessário estimular, entre nós e nossos alunos, o espírito crítico, o respeito ao livre debate e o inabalável compromisso com a formação do cidadão para o futuro. Optamos pela utilização desta atividade por entender que esta promove um aprendizado que amplia a concepção do conteúdo para além de fatos e conceitos, passando a incluir procedimentos, valores, normas e atitudes.

O desenvolvimento deste projeto  visa ressaltar  a complexidade dos problemas do bairro, conscientizar  de que  a cooperação local é fundamental  para que Jacarepaguá continue crescendo, porém, com sustentabilidade. Assim,  tendo consciência crítica do efeito dos atos indevidos, tomará decisões para a solucioná-los.

Então, a partir dos temas debatidos pelos professores, baseado nas propostas da Rio + 20, na semana pedagógica, cada área do conhecimento irá se adequar às ideias  selecionadas para a elaboração de  um projeto interdisciplinar.

 

 

OS ESTATUTOS DO HOMEM

                                       Thiago de Mello

 

(Ato institucional permanente)

A Carlos Heitor Conny

 

Artigo I

Fica decretado que agora vale a verdade,

que agora vale a vida,

e que de mãos dadas,

trabalharemos todos pela vida verdadeira.

 

Artigo II

Fica decretado que todos os dias da semana,

inclusive as terças-feiras mais cinzentas,

têm direito a converter-se em manhãs de domingo.

 

Artigo III

Fica decretada que, a partir deste instante,

haverá girassóis em todas as janelas,

que os girassóis terão direito

a abrir-se dentro da sombra;

e que as janelas devem permanecer, o dia inteiro,

abertas para o verde onde cresce a esperança.

 

Artigo IV

Fica decretado que o homem

não precisará nunca mais

duvidar do homem .

Que o homem confiará no homem

como a palmeira confia no ar,

como o ar confia no campo azul do céu.

 

PARÁGRAFO ÚNICO:

O homem confiará no homem

como um menino confia em outro menino.

 

Artigo V

Fica decretado que os homens

estão livres do jugo da mentira.

Nunca mais será preciso usar

a couraça do silêncio

nem a armadura de palavras.

O homem se sentará à mesa

com seu olhar limpo

porque a verdade passará a ser servida

antes da sobremesa.

 

Artigo VI

Fica estabelecida, durante dez séculos,

a prática sonhada pelo profeta Isaías,

e o lobo e o cordeiro pastarão juntos

e a comida de ambos terá o mesmo gosto de aurora.

 

Artigo VII

por decreto irrevogável fica estabelecido

o reinado permanente da justiça e da claridade,

e a alegria será uma bandeira generosa

para sempre desfraldada na alma do povo.

 

Artigo VIII

fica decretado que a maior dor

sempre foi e será sempre

não poder dar-se amor a quem se ama

e saber que é a água

que dá à planta o milagre da flor.

 

Artigo IX

Fica permitido que o pão de cada dia

tenha no homem o sinal de seu suor.

Mas que sobretudo tenha sempre

o quente sabor da ternura.

 

Artigo X

Fica permitido a qualquer pessoa,

a qualquer hora da vida,

o uso do traje branco.

 

Artigo XI

Fica decretado, por definição,

que o homem é um animal que ama

e que por isso é belo,

muito mais belo que a estrela da manhã.

 

Artigo XII

Decreta-se que nada será obrigado

nem proibido.

Tudo será permitido,

inclusive brincar com os rinocerontes

e caminhar pelas tardes

com uma imensa begônia na lapela.

 

Parágrafo Único

Só uma coisa fica proibida: amar sem amor.

 

Artigo XIII

Fica decretado que o dinheiro

não poderá nunca mais comprar

o sol das manhãs vindouras.

Expulso do grande baú do medo,

o dinheiro se transformará

em uma estrada fraternal

para defender o direito de cantar

e a festa do dia que chegou.

 

Artigo Final

Fica proibido o uso da palavra liberdade,

a qual será suprimida dos dicionários

e do pântano enganoso das bocas.

A partir deste instante

a liberdade será algo vivo e transparente

como um fogo ou um rio,

e a sua morada será sempre

o coração do homem.

Santiago do Chile, abril de 1964.

 

 

OBJETIVO GERAL:

O projeto visa, através da interdisciplinaridade, despertar no educando uma reflexão sobre o crescimento e sustentabilidade do bairro (Jacarepaguá), reafirmando a responsabilidade de cada ser humano em relação aos valores, atitudes, direitos e deveres de cada um.

 

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

 

O aluno será capaz de:

 

  • Manifestar através da reflexão o desejo de mudança.
  • Aplicar um enfoque  interdisciplinar, aproveitando o conteúdo específico de cada área, para ter uma perspectiva global dos problemas sociais e ambientais do bairro;
  • Perceber  que a solução  para a sustentabilidade do bairro está dentro de cada um de nós.
  • Conscientizar-se  de que  a cooperação local é necessária para  resultar em mundo melhor, tomando decisões e tendo consciência do efeito dos atos indevidos.
  • Ressaltar  a complexidade dos problemas do bairro e, em consequência, a necessidade de desenvolver o sentido crítico e as atitudes necessárias para resolvê-los;
  • Utilizar  o conteúdo das áreas do conhecimento, relacioná-lo com a realidade do bairro e transmitir através  de atividades práticas e experiências pessoais;
  • Apropriar-se de conhecimento para se chegar à sustentabilidade, pois o momento pede manifestação de opiniões  e tomadas de decisões.
  • Demonstrar com desenvoltura os conhecimentos adquiridos.
  • Operacionalizar os conhecimentos adquiridos.

 

ESTRATÉGIAS:

 

  • Lançamento do projeto: Reflexão do poema “Estatutos do homem” de Tiago de Melo – datas: 13/03/2012 – Ensino Médio; 23/03/2012 – Ensino Fundamental;
  •  Concurso de poesia – Tema: Jacarepaguá – Crescimento com sustentabilidade. Edição de livro com os três poemas selecionados de cada turma (Fundamental 2 e Médio);
  • Concurso de logotipo e Banner – Tema: Jacarepaguá – Crescimento com sustentabilidade;
  • Criação do Blog da feira  (3º ano – Ensino Médio)
  • Trabalho de campo;
  • Entrevistas;
  • Palestras;
  • Concurso de fotografias;
  • Gincana  cultural – Educação Física
  • Sarau;
  • Oficinas de sucata; Maquete de sucata  (Arte)
  • Olimpíadas – Educação Física;
  • Projeto: eleições 2012;
  • Relatório
  • “Gastando”  o verde (Arte)
  • Festa junina: dançado Jacarepaguá;
  • Coral  (Atividade voltada para o tema do projeto)

6 – DESENVOLVIMENTO

 

a)    Reflexão do tema nas turmas (relacionando com o poema:  Estatuto do homem);

b)    Lançar frases pelo colégio para despertar o interesse pelo assunto;

c)    Lançar o concurso do logotipo, blog e banner;

d)    Painel: cuidando do ambiente onde o bicho vive. O bicho Homem;

e)    As turmas serão orientadas pelo professor;

f)     Lançar o concurso de poesia nas turmas;

g)    Reunião de coordenadores de área para estruturar as  estratégias;

h)    Culminância (Feira da cultura, Festa junina, Sarau, Eleições, Olimpíadas, Livro)

 

i)      SUGESTÕES  APRESENTADAS PELOS PROFESSORES: ((26/01/2012)

 

 

BIOMAS – (Ensino Fundamental – 7º ANO; Ensino Médio – 1º ANO – manhã)

  • Áreas de preservação;
  • Ocupação desordenada;
  • Biodiversidade.

 

RECURSOS HÍDRICOS – (Ensino Fundamental – 6º ANO; Ensino Médio – 1º ANO – tarde)

  • Água potável – desafio do 3º milênio;
  • Poluição;
  • Aproveitamento / abastecimento.

 

MEIO AMBIENTE  URBANO  (Ensino Fundamental: 8º ANO; Ensino Médio – 2º ANO – tarde – 1202)

  • Perfil  da população local – hoje;
  • Geração de empregos;
  • Transporte / trânsito;
  • Criminalidade;
  • Urbanização / excludente;
  • Verticalização;
  • Lixo / coleta seletiva.

 

ENERGIA (Ensino Fundamental: 9º ANO; Ensino Médio: 2º ANO manhã – T. 1201).

  • Ilhas de  calor – desmatamento;
  • Fontes alternativas;
  • Consumo / desperdício – utilização de contas mensais da família;
  • Tecnologia sustentável;
  • Sustentabilidade no Camões.

 

SEGURANÇA  ALIMENTAR  (Ensino Fundamental: 9º ANO; Ensino Médio: 2º ano manhã – T. 1203.

  • Conservação de alimentos;
  • Perfil de consumo;
  • Obesidade – Cálculo do IMC.

 

 

j)      Avaliação:

 

  • cada turma será dividida em grupos, cada grupo desenvolverá um item referente ao subtema;
  • os professores envolvidos  avaliarão os alunos de cada grupo, usando os seguintes critérios: participação, organização, conteúdo e apresentação. Cada quesito é avaliado de 0 a 2,5, totalizando 10,0 pontos.
  • a ausência do aluno, no dia da apresentação do grupo, significa nota zero no quesito apresentação.

 

 

 

 

OBSERVAÇÃO: as coordenações aguardam  as atividades que serão desenvolvidas a partir das sugestões apresentadas pelos professores  na reunião pedagógica do dia 26/01/2012, até 02/04/2012 impreterivelmente, seguindo o esquema abaixo:

 

Tema/Atividade

 

Áreas envolvidas:

 

Justificativa:

 

Estratégias

 

Desenvolvimento

 

Avaliação

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s